Aprenda como gerenciar o capital de giro de seu posto de combustível

Aprenda como gerenciar o capital de giro de seu posto de combustível

Aprenda como gerenciar o capital de giro de seu posto de combustível

Como está hoje o capital de giro de seu posto? A resposta para essa pergunta é a sua garantia de que as operações financeiras estão em ordem. Além disso, a função do capital de giro, que muitos também chamam de dinheiro no caixa, é ser a quantia de dinheiro reservada para a manutenção do negócio.

E é a administração correta desse valor que garante o pagamento de despesas fixas, como água e luz, salário dos funcionários e muitas outras despesas.

Como administrar o capital de giro

É variável, mas precisa estar sempre reservado. No entanto, ele é extraído dos seus custos e ganhos do mês.

Assim, se você ganhou um determinado valor ao longo de uma semana de trabalho do posto, dali será retirado o percentual para cobrir os custos, eventuais empréstimos e também o capital de giro.

Agora, confira como fazer essa administração:

1 – Cálculo do capital de giro

Para saber quanto de capital de giro você precisa, faça o seguinte cálculo:

Ativo Circulante – Passivo Circulante = Capital de Giro Líquido. Se preferir, use a fórmula: AC – PC = CGL

Esclarecendo que Ativo Circulante é tudo o que a empresa ganha, ou seja, suas receitas. Aqui entram as contas bancárias, aplicações financeiras, contas a receber, entre outros.

Já o Passivo Circulante são todas as despesas fixas e variáveis. Isso inclui, estoque, fornecedores, colaboradores, empréstimos e outras contas a pagar.

Vamos a um exemplo:

Se em um final de semana, entrou na conta do posto, o valor de R$ 15 mil, temos essa quantia de ativo circulante. E no passivo circulante, temos R$ 12 mil em despesas. A diferença entre ativo circulante e passivos circulante será o capital de giro, no caso, R$ 3 mil.

Observe que esse é um valor variável, por isso é preciso fazer o cálculo periodicamente. Portanto, fique atento se o capital é suficiente para pagar as contas.

2 – Recebimentos e pagamentos = dinheiro em caixa

É comum que os prazos do que se tem para receber e para pagar não coincidam. Acima de tudo, a organização será essencial.

A solução para ter sempre dinheiro no caixa é negociar os prazos para recebimento e pagamento. Depois disso, comece conversando com as administradoras de cartões para antecipar os recebíveis. Lembre-se também dos fornecedores, propondo um pagamento com prazo maior, como 7 e 15 dias.

Em outras palavras, são negociações que o ajudarão na organização do capital de giro.

3 – Pagamentos à vista = a mais capital de giro

O pagamento à vista e no dinheiro é uma ótima forma de garantir para se ter mais recurso para investir.

Se o caixa está ‘baixo’, incentivo o pagamento à vista. Além disso, ofereça descontos ou mesmo outros benefícios atrativos para que o cliente realize o pagamento em dinheiro.

4 – Gerenciamento do estoque

Saber o que está em estoque e como tem sido a saída é primordial para o gerenciamento dos recursos financeiros. Isso, porque o estoque impacta o capital de giro.

Então, antes de efetuar a compra, verifique como é a venda do produto e se não está estocando demais.

5 – Crescimento programado

Mesmo estando ali disponível, o capital de giro não deve ser usado para investir no crescimento do posto. Além disso, se viu a oportunidade de ampliar o negócio, faça um planejamento detalhado e se possível utilize o lucro.

6 – Planejamento

Planejar e estar atento a cada informação financeira é essencial para a gestão de todo o posto, o que inclui o capital de giro.

Para isso, acompanhe sempre como está o ativo e o passivo circulante. Observe o estoque, negocie os prazos de pagamento e recebimento e prepare campanhas para os clientes a fim de aumentar as vendas.

Em conclusão, para te ajudar na administração do posto de combustível, adote um sistema de gestão. Por meio dele é possível saber em tempo real todo o movimento financeiro, inclusive o capital de giro.

Em nosso blog, você também encontra outras informações sobre gestão.

Tags:, ,

Deixe um comentário

  • Milena Porto

    Após a implantação do webPosto pay tivemos um retorno muito bom em questão de otimização de tempo nos abastecimentos e na emissão de cupons fiscais e nota de cliente. Também houve uma redução significativa na margem de erro nos valores de cupons e notas ficais emitidos, bem como, maior controle de fluxo de caixa e redução dos erros nos fechamentos de caixa.

    Milena Porto

    Posto Portal Mar Azul
    Ilheus – BA

  • Nebelto Carlos

    A Quality Automação se destaca pelo atendimento personalizado e um sistema dinâmico em relação às novas demandas. Através do webPosto eu estou sempre conectado ao meu negócio e posso acompanhar as vendas e os estoques na palma da mão. Com a Quality, tenho acesso fácil aos gestores e o suporte sempre resolve os problemas em tempo hábil.

    Nebelto Carlos

    Rede Serra Linda
    Serra – ES

  • Nebelto Carlos

    Há mais de 20 anos revendo o software para postos de combustíveis, fui franqueado por 8 anos de outra empresa do ramo. Ao conhecer a Quality Automação, com um sistema inovador, e uma política comercial que permite o nosso crescimento, não tive dúvida em vestir a camisa.
    A facilidade de instalação e a simplicidade de operação, além de não necessitar de uma mega infraestrutura, que acontece na maioria de outros sistemas, superando todas nossas expectativas.

    Rikaliton Guedes

    Revenda de Manaus
    Manaus – AM